NOTÍCIAS

Voltar para a listagem

CONSCIÊNCIA CIDADÃ ENCERRA 2021 COM 5.300 ATENDIMENTOS


Publicado em 03/02/2022



O Programa Consciência Cidadã encerrou 2021 com saldo positivo. Foram atendidos, este ano, 5.300 alunos, pais e professores em Vila Velha e Cariacica. Em 2022, escolas municipais de Vila Velha, Cariacica, Viana, Serra e Afonso Cláudio já confirmaram participação no programa.

Em Vila Velha, foi realizada solenidade de encerramento do ano no dia 19 de novembro último. Na ocasião, houve premiação das três escolas que desenvolveram os melhores projetos sociais. A unidade municipal de ensino ganhadora foi a UMEF Paulo Mares Guia, com o projeto sobre Violência Doméstica.

Participaram do evento o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, o secretário municipal de Educação, Rodrigo Simões e servidores da Pasta. Da Grande Loja, estiveram presentes o secretário-executivo e Grande Primeiro Vigilante, Irmão Luciheder Costa; o coordenador do programa, Irmão Expedito Jorge Tavares de Souza; e a coordenadora pedagógica, Bethsean Guerra Picinalli.

“Nós temos como meta a educação integral dos estudantes, nós acreditamos nessa formação completa. O aluno precisa aprender sim matemática e português na escola, mas também precisa compreender temas contemporâneos, valores sociais e desenvolver o comprometimento com a sociedade”, ressaltou o secretário Rodrigo Simões durante a solenidade.

Na premiação, ficou em segundo lugar a UMEF Alger Ribeiro Bossois e em terceiro, a UMEF Joffre Fraga. Todos os alunos receberam mochilas personalizadas do programa Consciência Cidadã. Professores coordenadores e de apoio foram premiados com notebook e kindle, conforme a colocação.

“Para nós, da Grande Loja, o Programa Consciência Cidadã é muito importante. Nosso intuito é levar melhoria para nossas crianças, adolescentes e jovens. Realizamos um papel social transformador, formando pessoas melhores e cidadãos conscientes”, explicou Luciheder Costa.

Os alunos de Vila Velha participaram de um ciclo de palestras, visitaram a Polícia Federal e depois desenvolveram projetos de ações voluntárias e cidadãs sobre um tema de relevância na escola e na comunidade do entorno.